Rotas de um comissário de bordo - Singapura

Rotas de um comissário de bordo - Singapura

 

Mathews, colaborador da TravelRoutes e escritor da coluna Rotas de um Comissário de Bordo.

Minha primeira viagem oficial Multi setor- Singapura e Brisbane

Bom dia, tarde e noite para todos vocês e espero que vocês comecem a acompanhar o blog!

Minha viagem para Singapura foi a minha primeira viagem oficial como comissário e isso significa que eu teria uma porta do avião, e toda a área entre essa porta e a próxima, sob minha responsabilidade. Todas as questões de segurança de tal área como, cintos de segurança, assentos, extintor de incêndio ou todo qualquer item designado para segurança, banheiros...enfim TUDO.

A viagem foi tranquila e foi minha primeira para a Ásia e onde eu descobri que essa parte do mundo tem MUITA turbulência. Normalmente são só umas chacoalhadas tranquilas, mas no meu voo para Singapura pegamos uma turbulência moderada na ultima 1 hora e o capitão não fez nem questão de avisar.

Se você tem medo de voar ou de turbulência você não precisa se preocupar já que a turbulência é mais comum no final da viagem. Nos aviões atuais se você estiver sentado então mal dá pra sentir.

Agora vamos falar de Singapura, que é uma cidade linda, colorida, e extremamente verde e organizada.

A cidade tem um glamour de passado e presente, tradição e futuro e apesar de ser uma cidade grande há bairros que você se sente em uma cidade pequena. 
Pra onde você for em Singapura você vai perceber o colorido da cidade nas casas e prédios mais antigos e como o verde e a natureza estão em todos os lugares.

A cidade tem muitas atrações turísticas e até um parque temático da Universal. Três áreas são muito importantes: A Rua Árabe, a Pequena Índia e Chinatown. Nesses lugares você vai encontrar street markets, comidas típicas, templos budistas ou mesquitas e como Singapura é completamente cosmopolitana você vai encontrar pessoas do mundo inteiro passeando em todos os lugares e comida típica de praticamente todos os lugares da Ásia. Durante o dia esses lugares são ótimos para visitar, mas o real "glamour" de Singapura vem a noite e você PRECISA ver os pontos turísticos durante o dia e a noite. 

Alimentação é algo que, como qualquer cidade, vai de acordo com o seu bolso, mas Singapura leva o barato a outro patamar já que você normalmente paga entre 5 e 15 dolares de Singapura por um prato em um restaurante e mesmo em restaurantes mais caros eu paguei entre 15 e 25 dolares por uma opção do prato principal. Em Singapura também é muito comum comer nas feiras de rua e food markets, que por lá são conhecidos como hawker centers. Então certamente é uma cidade que você vai poder experimentar e aproveitar o que você quiser em qualquer cardápio independente do seu budget (orçamento).

O transporte pela cidade é simples e você pode se locomover facilmente por ônibus ou a pé. Há vários ônibus turísticos que te levam pela cidade pra fazer um sightseeing, que nada mais é que observar a cidade, e eles tem paradas específicas onde você pode só subir, pagar e curtir.

Se você não tiver problema em caminhar, eu por exemplo só andei a pé pela cidade, são 20 á 30 minutos da Pequena Índia para Chinatown e apenas 5 minutos da Pequena Índia a Rua Árabe. Caso você decida por ir até a ilha Sentosa então um transporte é necessário. Lembram da universal? Então ela fica na ilha Sentosa e as coisas serão mais caras por lá. Devido ao pouco tempo de layover (2 dias) eu deixei pra conhecer a ilha em uma próxima viagem, mas não deixei de pesquisar o que se oferece como nado com golfinhos, praias, bondinhos e muitas outras coisas.

Se você quiser fazer compras lembre que Cingapura roupa e eletrônicos são beeem baratos. Eu comprei uma camisa na Uniqlo(marca japonesa) por 15$ de cingapura e lembro que nos EUA essa marca era bem cara. Na Pequena Índia, Chinatown e na Rua Árabe durante a tarde eles montam barracas e fazem como uma feira (street market) e a noite várias pessoas fazem shows e vendem itens também. Além da famosa Orchad Road, que  é uma rua larga, cheia de shoppings e lojas de departamento dos dois lados. Bares e Restaurantes ficam abertos e com o preço que você já entendeu né?

Em resumo é uma cidade asiática pra nenhum Ocidental por defeito pois há de tudo um pouco desde comida á compras. Tem história, museus, parques temáticos e aquáticos e a temperatura de um país tropical. E no tema diversão não posso deixar de dizer que a noite de Singapura e suas boates não perdem pra nenhuma outra cidade que eu já visitei.

Se Singapura vale a pena? A parte mais cara da sua viagem vai ser a passagem de avião.

Doutor Estranho - conheça as incríveis e inusitadas locações do filme

Doutor Estranho - conheça as incríveis e inusitadas locações do filme

Rotas de um Comissário de Bordo - Madrid

Rotas de um Comissário de Bordo - Madrid